sexta-feira, setembro 15

Animais...

Vale a pena pensar nisto...

"Já não somos primitivos ao ponto de comer miolos para adquirirmos mais inteligência... será que ainda temos de usar peles de outros animais para alcançar a beleza?"









"Aqui está o resto do seu casaco de peles"





"Use o seu próprio pêlo. Deixe os animais usar os deles"

7 comentários ordinários e completamente abrutalhados:

At 2:32 da tarde, Blogger Tongzhi said...

Eu uso sempre o meu ;)

 
At 8:32 da tarde, Anonymous Catatau said...

Além de usar o meu, ainda cuido dele para que não me levem couro e cabelo! :)

 
At 10:17 da manhã, Blogger SeñorDeLosAnillos said...

Sim, não vos vão confundir com algum animalzinho simpático para fazer um belo casaco de pêlo.... mas isso já são outras conversas!! ahahaha

 
At 11:56 da manhã, Anonymous Anónimo said...

ora aqui está algo para que todas as pessoas possam reflectir. ès lindo por isto também....
Ai o que dizer sobre o "racional"....
Sô Dona Lina Ramussss

 
At 2:38 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Epa agora já há tecidos artificiais parecem verdadeiros (acho eu) quentes ou até mais quente porquê sacrificar animais por um capricho do ser humano estupido e racional. Mas por exemplo ha animais em que tirar a pele até faz mais roveito por a exemplo a vaca mas aí comemos a carne, há gente que tira os chifres e fica só a pele nãp porque utilizar. Mas não sei se assim é permitido!!! Podiam afirmar. Mas é o único animal que concordo. A ovelha não se fala porque não preciso matar.

 
At 10:16 da tarde, Anonymous Anónimo said...

>___<' q mau :\

 
At 10:03 da tarde, Anonymous Alice said...

Usar as peles depois de ter morto os animais, sem que eles sofram, é uma coisa, outra completamente diferente é "despirem-lhes" as próprias peles!
Eu não concordo com uso das peles de qualquer uma das maneiras, visto que temos tudo o que é preciso para que possamos utilizar peles quentes sem sacrificar animais.
Somos animais racionais, felizmente civilizados (ou não), que podem fazer escolhas! Sim, somos nós que decidimos se matamos o animal ou não, o que é triste.

 

Enviar um comentário

<< Home